• Assessoria de Comunicação

5 dicas de como usar a disciplina positiva para educar os filhos

Lidar com comportamento do seu filho vai ser bem menos doloroso se você olhar esse artigo sobre disciplina positiva e usar como um guia básico.




A disciplina positiva para educar os filhos tem ganhado cada vez mais espaço, já que concordamos (tanto os profissionais quanto os pais) que bater e gritar não ajuda as crianças em nada.


Um dos motivos é que, de acordo com a Universidade de Pittsburgh, os gritos consecutivos afetam negativamente o cérebro de uma criança, gerando uma série de riscos para o desenvolvimento psicológico.


Enquanto você grita com o seu filho para evitar que ele bata em você ou que faça birra, você está fazendo com que ele desenvolva um comportamento defensivo e agressivo.


Quer trocar os hábitos ruins por atitudes que influenciam positivamente? A disciplina positiva para educar os filhos pode ser a resposta. Veja as 5 principais dicas sobre o assunto!


Disciplina positiva para educar os filhos: 5 atitudes para tomar no dia a dia


1 – Eu falo, eu faço


Vamos supor que o seu filho resolveu que quer comer doce antes do jantar. Você fala pra ele que não pode, mas ele vê você comendo doce antes da janta.


Você acha que ele vai querer te obedecer assim? Claro que não. A criança imita e segue o exemplo; ela não entende que não pode tomar certa atitude se você está fazendo.


Então, se você fala, você precisa fazer. As atitudes que forem válidas pra ela, precisa ser pra você também.


Logo: não grite com o seu filho. Gente, eu preciso reforçar isso, porque muitas mamães não entendem que se gritar com os filhos eles vão gritar de volta, não tem jeito.


Mas então, você pode perguntar: “Como fazer com que meu filho me entenda e me obedeça sem precisar gritar?” Além de ser exemplo, você pode ver os próximos tópicos para aprender isso.


2 – Repreender e impor limites sim, mas com respeito


Aprenda: o seu filho te entende. Ele sabe o que você está falando, de acordo com o seu tom de voz, com a sua expressão e até com algumas palavras (mesmo que ele ainda não saiba falar).


Então, imponha limites sim, mas explique o porquê. O uso dos porquês é importantíssimo ao usar a disciplina positiva para educar os filhos.


Seu filho aprontou? Mexeu no lugar que não podia? Bateu em alguém? Gritou? É fácil, você vai sentar com ele e explicar por qual motivo aquela atitude é errada.


E é nesse momento que você também pode usar o seu exemplo.


Imagine então que seu filho bateu no coleguinha. Nesse momento você mostra que essa não é a melhor atitude, que machuca o coleguinha e que você também não toma essa atitude com ele quando ele faz algo que você não gosta.


Então, imponha alguns limites sim e repreenda quando ele tomar alguma atitude errada, mas use a disciplina positiva para educar os filhos e mostre os motivos pelo qual ele está errado fazendo aquilo.


Quanto menor o seu filho, mais clara e objetiva deve ser a explicação. E, claro, se ele entender a explicação e praticar o que conversaram, elogie a atitude dele e diga que está feliz por ele ter compreendido.


3 – Um castigo de leve não faz mal


Se, mesmo depois de explicar o motivo para ele não tomar certas atitudes, seu filho continua com os comportamentos e hábitos ruins, não se estresse.


Uma opção é reforçar sua autoridade, sendo firme e mostrando que ele precisa compreender o que você ensinou e te obedecer, porque é a forma correta.


Mas o ponto importante aqui sobre essa dica de disciplina positiva para educar os filhos é: não grite ao reforçar a autoridade e também não o ameace, com “você vai me obedecer ou vou ter que te bater?”. Não faça isso.


Um exemplo de disciplina positiva para educar os filhos é colocar ele de castigo, mostrando que aquele comportamento não vai ser bom pra ele.


Bateu no coleguinha e se recusa a não obedecer da primeira vez que você falou? Sem videogame por 2 dias. Não fez o dever de casa pela terceira vez consecutiva? Sem brincadeiras com os amigos por 3 dias também.


4 – Reconheça as boas ações


Agora que você já sabe que precisa parar de gritar com o seu filho e se impor de outras maneiras, separei uma outra dica de disciplina positiva para educar os filhos muito bacana e fácil de praticar…


Elogie o seu filho. Reconheça o que ele faz de certo.


Ele aprendeu que não deve mais bater no coleguinha? Reconheça a nova atitude dele e mostre que isso te agrada.


Seu filho sempre faz as lições de casa? Olhe as lições, elogie as respostas certas e ajude mostrando o que ele pode melhorar.


Busque sempre elogiar o seu filho, independente da idade, para ele perceber o que te deixa feliz. Acredite, ele vai querer fazer o que te deixa feliz.


Uma leitora do meu ebook “Como parar de gritar com o seu filho mesmo tem ter paciência” disse que a filha dela começou a ter atitudes melhores desde que ela pôs em prática a disciplina positiva para educar os filhos.


A Júlia, filha da leitora Ana, não tem nem 2 anos ainda, mas começou a ser mais obediente desde que a mãe resolveu não gritar e começar a reconhecer as atitudes positivas da filha.


Como a Júlia ainda é bem pequena, a Ana reconhece algo que a filha faz certo assim: “Eeeeeeee” e bate palmas. É um jeito simples, mas funciona.


5 – Disciplina positiva para educar os filhos: regrinhas 1, 2, 3…


Rotina, rotina, rotina. Sempre vou bater nessa tecla, porque é necessário; a criança precisa de rotinas e regrinhas para se sentir segura e saber exatamente o que pode ou não fazer.


Então, aqui lá vai mais uma dica de disciplina positiva para educar os filhos: crie regrinhas do que pode ou não fazer.


Vocês lembram da SuperNany? Lembra que ela tinha um cantinho do pensamento e um quadro do que podia ou não fazer?


É uma boa ideia fazer isso na sua casa também. Por exemplo: crie um quadro com o lado positivo em verde e negativo em vermelho.


Toda vez que ele fizer algo negativo, vai para o cantinho do pensamento e você vai perguntar o que ele fez de errado para estar ali. E quando fizer algo positivo, mostre o quadro e elogie ele.


Essa é uma forma bacana de mostrar as regras ao seu filho, já que vai ser bem mais visual – e, geralmente, lembramos mais das imagens.


Bônus da disciplina positiva para educar os filhos: Demonstre amor, sempre!


De acordo com a mesma pesquisa que falei na introdução, se os pais são mais carinhosos com os filhos, conseguem diminuir a desobediência.


Logo, não precisam gritar e conseguem diminuir esses impactos negativos do grito no futuro da criança.


A chave não é esperar seu filho parar de desobedecer para aí então deixar de gritar, mas o contrário. Seja mais carinhoso com ele, dê mais atenção e ele vai te obedecer mais, evitando esse ciclo vicioso.


Além disso, vamos combinar que muitos filhos só são desobedientes para chamar a atenção das mamães e papais, que acabam se entretendo nas tarefas e não conseguindo dar tanta atenção para os filhos como gostariam.


Então, tome essas 6 atitudes de disciplina positiva para educar os filhos que falei aqui e veja o seu filho se tornar uma pessoa mais saudável psicologicamente.


Fonte: Mãe em Dia

5 visualizações0 comentário
Acesso Rápido

E-mail: gabinetenoemiarocha@gmail.com
Contato: 41 9994-15007

Endereço: Barão do Rio Branco, 720. 4º andar.

         Acompanhe nosso mandato

© 2019 by Ascom Noemia Rocha.    Políticas de Privacidade