• Assessoria de Comunicação

WhatsApp Pay começa a operar no Brasil para transferências entre pessoas

Atualizado: Mai 6

A funcionalidade de pagamentos entre pessoas via WhatsApp, anunciada ainda em 2020 pelo app, entrou em funcionamento no Brasil nesta terça-feira (4). A operação foi autorizada pelo Banco Central no final de março, após nove meses de avaliações por parte da autoridade monetária. O anúncio da disponibilidade do WhatsApp Pay foi feito inicialmente pela Visa, uma das parceiras da big tech na empreitada, e confirmada pelo WhatsApp. De acordo com nota da empresa "o serviço de pagamentos será disponibilizado gradualmente nas próximas semanas em todo o país".



Nesse primeiro momento o WhatsApp Pay poderá ser utilizado apenas por portadores de cartões de débito, pré-pagos ou combo emitidos pelo Banco do Brasil, Banco Inter, Bradesco, Itaú, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi ou Woop Sicredi com as bandeiras Visa e Mastercard. A informação, entretanto, é de que mais parceiros podem disponibilizar a solução no futuro.


Para fazer as transferências por meio do aplicativo de mensagens, os usuários brasileiros do WhatsApp Pay precisam configurar suas contas adicionando o seu cartão. Na sequência será possível escolher uma pessoa para enviar o dinheiro e selecionar a opção de adicionar a transação. Segundo o app, o destinatário verá o pagamento direto na conversa com o remetente. Ainda de acordo com o WhatsApp, foram estabelecidos limites para os envios. Os usuários poderão mandar até R$ 1.000,00 por transação e receber 20 transações por dia, com um limite de R$ 5.000,00 por mês. Não estão previstas taxas.


Em nota, o diretor de operações do WhatsApp, Matt Idema, comemorou a disponibilização do serviço no país. "Facilitar o envio e o recebimento de dinheiro de maneira segura não poderia ser mais importante neste momento, já que não só diminui a exposição das pessoas à pandemia, mas também as ajuda a se manterem conectadas com entes queridos, expande o acesso a serviços financeiros e possibilita que mais pessoas participem da economia digital”, afirmou.


O WhatsApp pretende disponibilizar também a possibilidade de compra e venda diretamente no aplicativo, mas essa operação segue em debate junto ao BC e só deve ser ativada após aprovação.


Fonte: Gazeta do Povo

22 visualizações0 comentário