• Assessoria de Comunicação

Estudantes da rede municipal de ensino de Curitiba voltam às aulas no dia 14

Vereadora Noemia Rocha informa que os estudantes da rede municipal de ensino de Curitiba retornam às aulas no dia 14.


Na próxima segunda-feira, dia 14 de fevereiro, voltam para as escolas, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e Centros Municipais de Atendimento Educacional Especializado (CMAEEs) 140 mil crianças e estudantes da rede municipal de ensino. O formato de aulas será presencial. A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, explica que o uso da máscara continua obrigatório e as unidades seguem equipadas com totens de álcool gel 70% e demais itens necessários ao combate do novo coronavírus.



“Os cuidados com que estamos acostumados continuam e nossas unidades estão preparadas para garantir um retorno seguro, como ocorreu a partir do segundo semestre do ao passado. Lugar de criança é na escola”, destaca a secretária. Maria Sílvia esclarece que, em caso de estudantes com comorbidades ou na necessidade de isolamento por infecção pelo novo coronavírus, a criança em situação de isolamento social receberá atividades pedagógicas para que não perca vínculo com a aprendizagem.



“O avanço da vacinação entre as crianças e adultos nos permite ter mais segurança”. Nestas últimas semanas, as unidades têm sido preparadas para receber os estudantes, com reparos, reformas e entrega de móveis novos, que já foi iniciada no final de 2021.


Escolas integrais A rede municipal de Curitiba já tem 108 das 185 escolas municipais de Ensino Fundamental com oferta da educação integral. São mais de 21 mil estudantes beneficiados pela oferta do ensino integral e a meta é ampliar o número ao longo dos meses, alcançando 125 ao final deste ano. Em março de 2018, Curitiba já havia atingido, antes do prazo previsto, a meta do Plano Municipal de Educação de oferecer tempo integral em metade das escolas da rede.


No integral, os estudantes têm acesso a atividades pedagógicas diferenciadas, como práticas do movimento, ciências da natureza, matemática, Língua Portuguesa, entre outras. Também recebem alimentação escolar adequada ao tempo maior em que permanecem na escola.


Fonte: Bem Paraná

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo