• Assessoria de Comunicação

Saiba como reduzir o desperdício de água e ajudar na crise hídrica do Paraná



A cada dia que se passa, a situação hídrica do Paraná piora, ao ponto da Sanepar anunciar, ontem, medidas mais duras para economizar os recursos, já que a previsão é que a estiagem perdure até fevereiro de 2021. A população pode fazer a sua parte, economizando e reservando a água.

Atualmente são diversos os itens e equipamentos que podem ser encontrados em lojas de material de construção e material hidráulico e que ajudam a reduzir o desperdício de recursos hídricos e até mesmo a reduzir a própria conta de água.

Alguns anos atrás, por exemplo, um estudo feito pela Sabesp revelou que, no ambiente doméstico, as descargas e os banhos representam a maior parte do consumo de água, respondendo 41 e 37% do volume total, respectivamente.

No caso das descargas, é possível substituir uma bacia com caixa acoplada de 12 litros ou uma bacia com válvula de 10 litros por uma de Volume de Descarga Reduzido (VDR), com consumo de 6 litros por descarga, garantindo uma economia entre 50 e 40%. Outra opção também é trocar a descarga de parede tradicional por uma que possua duplo acionamento, que custa a partir de R$ 50 e oferece a possibilidade do usuário dar uma descarga parcial (ideal para resíduos líquidos) ou uma descarga total. No banho, os temporizadores, que custam cerca de R$ 150 e te permitem definir um tempo padrão para os banhos, desligando o chuveiro após esse período, podem ser uma boa alternativa para famílias numerosas. Também há os reguladores de vazão, disponíveis para chuveiros e torneiras, que custam a partir de R$ 40 e economizam até 80%. “Lugar que a água tem muita pressão, se você instalar um redutor, a quantidade de água que vai sair é menor e é um fator importante que pode reduzir, sim, o consumo de água”, afirma Jarbas Dias Aragão Gonçalez, que trabalha com instalações hidráulicas, sanitárias e de gás. “Também tem hoje umas torneiras que dão um quarto de volta, que só gira um pouquinho e também ajuda a economizar”, dá a dica.


As dicas para economizar água

Neste período atividades como lavar carros e calçadas devem ser evitadas. Se for lavar fora, prefira empresas que contam com água de poços artesianos Reduza a lavagem diária de roupa. Acumule e use a capacidade máxima da máquina de lavar A água do último enxágue do tanque ou da máquina pode servir para regar jardim e grama, ensaboar tapetes, tênis e outras peças A água do tanque ou da máquina em que foi lavada a roupa serve para lavar calçadas e pisos. Lembre-se: lavar as calçadas com a mangueira é desperdiçar água tratada. Para “varrer” a sujeira, use a vassoura Feche a cuba da pia, deixando um pouco de água. Ensaboe toda a louça e enxágue com água limpa. Não deixe a torneira aberta durante todo o tempo Cinco minutos de chuveiro consomem 70 litros de água. Reduzir o tempo do banho faz muita diferença na conta No banho, molhe o corpo, feche a torneira, ensaboe-se, coloque xampu e enxague o corpo rapidamente Reduza o tempo da torneira aberta enquanto escova os dentes, ensaboa as mãos ou faz a barba. Torneira aberta manda para o ralo 20 litros de água por minuto. Prefira vasos sanitários menores, que utilizam menos água para a descarga Verifique e sane problemas com vazamentos. De gota em gota, os desperdício pode ser grande.


Fonte: https://www.bemparana.com.br/noticia/sanepar-adota-rodizio-de-agua-a-cada-36-horas-na-rmc#.XzWHklRKjIW

26 visualizações
Acesso Rápido

E-mail: gabinetenoemiarocha@gmail.com
Contato: 41 9994-15007

Endereço: Barão do Rio Branco, 720. 4º andar.

         Acompanhe nosso mandato

© 2019 by Ascom Noemia Rocha.    Políticas de Privacidade