• Assessoria de Comunicação

Quem faz a musica clássica? Conheça a profissão de compositor

Atrás das cortinas de uma sala de espetáculos existe sempre muita dedicação, ensaio e trabalho. Quem tem o papel de iniciar a produção de uma nova peça é o compositor, que através das sons e ruídos busca transmitir emoção e beleza para quem está assistindo. Hoje, 15 de janeiro, celebramos o Dia Mundial do Compositor e para revelar um pouco mais sobre essa profissão, conversamos com Antonio Ribeiro, compositor e coordenador pedagógico da Emesp Tom Jobim.



A música é a arte, que se veste de ideias sonoras para encantar os ouvidos de quem está ouvindo. “A composição de música clássica é estética e busca sempre garantir beleza e plasticidade nos sons”, explica o compositor que começou a estudar piano ainda criança. Atualmente como professor, Antonio garante que o ideal é que os jovens aprendam a técnica, mas sem perder a criatividade para compor produções autorais.


Além de sensibilidade para produzir novas composições, a pandemia criou a necessidade de se reinventar. “Aprender com o novo e com as dificuldades é sempre uma oportunidade de pensar a arte de uma forma diferente do que estamos acostumados”, diz Antonio, que criou uma peça 100% virtual. A composição foi feita para comemorar os 80 anos da Orquestra Sinfônica Brasileira e estreou mundialmente no dia 22 de outubro.


O concerto criado por Antonio Ribeiro é composto por 6 violoncelos. O desafio imposto pela pandemia foi cada músico gravar dentro da sua própria casa. “O momento nos privou de juntar os músicos e produzir uma composição olho no olho, discutindo os detalhes e ensaiando juntos”, conta o compositor. A peça brasileira ganhou notoriedade internacional e foi reportagem no jornal Argentino “O Clarin”.


E você, gostou de conhecer a história de Antonio e quer se tornar um músico ou compositor? Fique ligado nas inscrições dos centros de formação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado.


Fonte: Cultura SP

7 visualizações0 comentário