• Assessoria de Comunicação

Proposto grupo de estudos para tratar do transporte coletivo

Foi aprovado em segundo turno o regime emergencial de operação e custeio do transporte coletivo, pelo período de 90 dias, na sessão plenária remota desta terça-feira (05). Ontem, a vereadora Noemia Rocha (MDB), líder da bancada de oposição, já havia manifestado sua preocupação com a aprovação da matéria. “O contribuinte não pode pagar por núcleos privados, ainda mais em detrimento de tantos prejuízos suportados pelo pequeno comerciante”.


Na ocasião, a parlamentar propôs a implantação de uma comissão permanente ou grupo de estudos para tratar do transporte coletivo. “Quem sofre, quem padece, leva o pior, é o usuário”, declarou. “Há sim dificuldades neste projeto. Não há valores. Tentamos colocar delimitação de valores, de R$ 60 milhões [em emenda rejeitada em plenário, nessa segunda]. Acho muita responsabilidade dos vereadores, a maneira da votação, um cheque em branco mesmo”.

Informações da CMC.

Foto: Prefeitura de Curitiba

Acesso Rápido

E-mail: gabinetenoemiarocha@gmail.com
Contato: 41 99941-5007

Endereço: Barão do Rio Branco, 720. 4º andar.

         Acompanhe nosso mandato

© 2019 by Ascom Noemia Rocha.    Políticas de Privacidade