• Assessoria de Comunicação

OMS recomenda de 2,5 a 5 horas de exercícios físicos por semana

A Organização Mundial da Saúde (OMS) atualizou as diretrizes em atividades físicas e comportamento sedentário, levando em consideração o contexto da pandemia de Covid-19. Para a entidade, todo mundo, seja da idade que for ou das habilidades que tiver, pode ser fisicamente mais ativo.



Divulgada nesta quarta-feira (25), as novas diretrizes destacam que os adultos devem separar entre 150 a 300 minutos na semana (2,5 a 5 horas) para exercícios aeróbicos, como corrida e natação, de intensidade moderada a alta. Entram nessa lista também as pessoas com doenças crônicas ou deficiências.


Ainda de acordo com a entidade, atividades físicas regulares são importantes para a prevenção e controle de doenças cardíacas, diabete tipo 2, câncer, além de reduzir sintomas de depressão e ansiedade. No público mais velho, acima dos 65 anos, os exercícios atuam contra o declínio cognitivo, melhora da memória e da saúde mental.


Para os idosos, a orientação da OMS é que priorizem atividades que incentivem o equilíbrio, a coordenação motora e o fortalecimento muscular. O objetivo é que essas atividades previnam quedas e melhorem a saúde de forma geral.


Crianças e adolescentes: uma hora por dia de exercícios

Crianças e adolescentes também devem se exercitar, segundo a OMS. A entidade estima 60 minutos, por dia, para esse público mais jovem. Entre as mulheres gestantes, as atividades físicas também são recomendadas durante a gravidez e mesmo após o parto.


"Todo movimento conta, especialmente agora que gerenciamos as restrições da pandemia de Covid-19. Nós devemos nos mexer todos os dias, de forma segura e criativa", diz Tedros Adhanom Ghebreyesys, diretor-geral da OMS, em comunicado da entidade no site.


Custo do sedentarismo

O custo estimado do sedentarismo da população mundial nos cuidados com a saúde é de US$ 54 bilhões, segundo a OMS. Há também uma perda de produtividade estimada em US$ 14 bilhões.


"Qualquer tipo de atividades físicas, e em qualquer duração, pode melhorar a saúde e o bem-estar, mas mais é sempre melhor. Se você passa muito tempo sentado, parado, seja no trabalho ou na escola, você deveria fazer mais atividades físicas para balancear os efeitos negativos do comportamento sedentário", afirma Ruediger Krech, diretor de Promoção da Saúde da OMS, em comunicado da entidade no site.


Fonte: Sempre Família

15 visualizações0 comentário
Acesso Rápido

E-mail: gabinetenoemiarocha@gmail.com
Contato: 41 9994-15007

Endereço: Barão do Rio Branco, 720. 4º andar.

         Acompanhe nosso mandato

© 2019 by Ascom Noemia Rocha.    Políticas de Privacidade