• Assessoria de Comunicação

Mais Jesus, menos eu



Hoje queria falar sobre algo muito importante, mas que vai contra muito do que é ensinado para nós neste mundo: mais Jesus, menos eu.


Todos os dias ouvimos mensagens do tipo : “a sua felicidade deve estar acima de tudo”, “você deve seguir seu coração”, “a sua vida em primeiro lugar”.


Não há nada de errado em ser feliz e desejar algo melhor para você. Mas o problema surge quando buscamos uma vida onde os nossos valores, as nossas decisões e as nossas prioridades giram em torno do “eu”.


Mais Eu ou mais Jesus?


Confesso que pessoalmente também já comprei a mentira de que preciso focar no “mais eu”: trabalhar para ter mais dinheiro para mim, me dedicar para ter mais sucesso profissional para mim, esforçar para ter uma vida melhor para mim, fazer algo para ter mais felicidade para mim….


Acreditava que quanto mais o meu “eu” crescesse, mais eu seria feliz e que essa era o que precisava para viver uma vida que fizesse sentido. No entanto, frequentemente esquecia que a única coisa de que realmente preciso é de Jesus.


Isso quer dizer que não preciso trabalhar apenas para mim, mas posso trabalhar para servir a Jesus.


Não preciso me dedicar apenas para a minha própria vida, mas posso me dedicar para ajudar outras vidas.


Não preciso buscar apenas a minha felicidade, mas posso ajudar outras pessoas a serem mais felizes.


Escolha a quem você quer servir


Jesus disse em Mateus 6:24: “ “Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará a um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro.”


Você também não pode servir a Deus e a si mesmo.


Essa passagem não significa que você deve se anular, deixar a sua vida e a sua pessoa de lado, mas significa que enquanto o foco da sua vida estiver em você, a sua vida será conduzida pelo seu ego e você não será capaz de servir a Deus.


Jesus também disse em Mateus 16:24: “ Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.


Como viver no mais Jesus e menos eu na prática?


Você pode se perguntar: como faço para negar a mim mesma hoje em uma sociedade que está constantemente nos incentivando a nos colocar em primeiro lugar? Como faço para viver aquilo que João Batista disse “É necessário que Ele cresça e que eu diminua.” (João 3:30) ?


Podemos fazer isso revertendo a maneira como pensamos e agimos naturalmente. Significa colocar Cristo no centro da nossa vida e viver com os valores do Reino acima dos valores do mundo.


Aplicando isso em prática, podemos:


♥ Dar menos atenção no que os outros pensam de você e dar mais atenção na vontade de Deus.


♥ Ter menos foco no que outros podem fazer por você e ter mais foco no que você pode fazer pelos outros.


♥ Se preocupar menos com aquilo os outros falam sobre você e dar mais atenção no que o Espírito Santo está falando para você.


♥ Gastar menos tempo para as distrações do dia e ter mais tempo para ler a Bíblia.


♥ Tentar controlar menos aquilo que não posso mudar e confiar mais no poder de Deus.


Garanto que, ao fazer isso, o seu coração se transformará e você começará a buscar mais de Deus do que de você. É onde quero que você e eu estejamos sempre.


Fonte: Mulher Virtuosa de Deus

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo