• Assessoria de Comunicação

Enem 2021 abre inscrição para provas impressa e digital; veja passo a passo para fazer a sua

Atualizado: Jul 1

Prazo para se registrar vai até o dia 14 de julho. Taxa de inscrição é de R$ 85 nas duas versões do exame.


As inscrições para a edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram abertas nesta quarta-feira (30). Os candidatos devem se registrar na página do participante até 14 de julho, às 23h59.

Para os que não tinham direito à isenção da taxa (ou que solicitaram o benefício, mas não conseguiram aprovação), haverá a cobrança de R$ 85. E atenção: mesmo quem obteve a gratuidade precisa se inscrever.


Desta vez, diferentemente da edição anterior do Enem, as versões impressa e digital serão aplicadas nas mesmas datas (21 e 28 de novembro) e terão perguntas iguais.


O Inep indica um passo a passo para realizar a sua inscrição. Veja a seguir:


1) Na página do participante, ler informações iniciais e clicar em "Inscrição".

2) Numa caixa de diálogo que se abre, selecionar a imagem da pergunta que é feita. Em seguida, preencher com o número do CPF e a data de nascimento (iguais aos cadastrados na Receita Federal). Depois clicar em “Iniciar a inscrição”.


3) Após a identificação do candidato, clicar em "próximo" e depois preencher dados pessoais e endereço.


4) Em “atendimentos”, será perguntado se o participante precisa de atendimento especializado.

5) Depois, escolher a prova de língua estrangeira: inglês ou espanhol.

6) A próxima etapa é a situação do ensino médio do participante. O Inep confirmou que treineiros poderão fazer o Enem deste ano, mas só a versão impressa.

7) O questionário socioeconômico tem 25 perguntas. A cada pergunta, basta selecionar uma das opções e clicar no botão “Próximo”

8) Na etapa seguinte, é preciso informar os contatos para o Inep enviar informações relativas ao exame.

9) O participante, então, deverá escolher se a modalidade da prova é impressa ou digital.

10) A seguir, informar estado e cidade.

11) Inserir uma foto.

12) Depois, clicar em “enviar inscrição”. O Inep lembra que, se o participante não solicitou a isenção da taxa de inscrição ou se teve o pedido reprovado, é importante lembrar de pagar a GRU Cobrança para garantir sua participação.


Confira o cronograma

  • Inscrições: 30/6 a 14/7

  • Pagamento da inscrição: até 19/7

  • Pedido de atendimento especializado: 30/6 a 14/7

  • Pedido de tratamento pelo nome social: 19 a 23/7

  • Provas: 21 e 28/11

Enem digital com adaptações

O candidato deve escolher, na inscrição, se deseja fazer a versão impressa (tradicional) ou a informatizada.

Ao todo, serão 101.100 vagas no Enem digital. É importante lembrar que ele é aplicado nos locais de prova — não existe a opção de prestar o exame em casa.


Desta vez, a versão computadorizada terá adaptações para candidatos com deficiência: prova superampliada e com contraste (voltada para pessoas com baixa visão), e locais de aplicação com acessibilidade. Na edição anterior, apenas a versão impressa oferecia essas opções.

Disciplinas e horários

Como nos últimos anos, o Enem será aplicado em dois domingos.

21 de novembro

O candidato deverá fazer:


  • 45 questões de linguagens;

  • 45 questões de ciências humanas

  • e redação.

28 de novembro

A prova tem meia hora a menos:

  • 45 questões de matemática

  • e 45 questões de ciências da natureza.

Veja os horários de aplicação (no fuso de Brasília):

  • Abertura dos portões: 12h

  • Fechamento dos portões: 13h

  • Início das provas: 13h30

  • Término das provas no 1º dia: 19h

  • Término das provas no 2º dia: 18h30

Fonte: G1

4 visualizações0 comentário