• Assessoria de Comunicação

Curitiba prorroga bandeira laranja, mas há mudanças em decreto

Atualizado: Jul 1

Curitiba continua em bandeira laranja pela terceira semana consecutiva. Nesta quarta-feira (23), foi publicado o decreto municipal 1.020/2021, que prorroga as medidas de enfrentamento à pandemia do coronavírus previstas nos decretos 960/2021 e 990/2021, mas também altera algumas modalidades, dias e horários de atendimento em serviços e atividades da cidade. O novo decreto já começou valer e terá vigência de sete dias, até 30 de junho.



As decisões foram tomadas pelo Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba. O grupo analisou os dados epidemiológicos da semana (de 16 a 22 de junho) e a pontuação da bandeira ficou em 2,2, apresentando uma melhora do cenário com relação à semana anterior, quando a pontuação estava em 2,58.


Assim, de acordo com a prefeitura, com a melhora no cenário, o novo decreto permite o funcionamento aos domingos das feiras de artesanatos, floriculturas, museus e circos, das 9h às 21h. Além disso, panificadoras, padarias e confeitarias de rua poderão realizar atendimento aos domingos até as 21h (antes era até as 18h).


Estabilidade

Os melhores indicadores, segundo a prefeitura, foram os de capacidade de resposta do sistema de saúde. A taxa de internamento em leitos clínicos caiu de 85% em 16 de junho para 77% nesta terça-feira (22). Já a taxa de ocupação de leitos de UTI do SUS exclusivos para pacientes com sintomas da Covid-19 passou de 102% para 93% no mesmo período.


A média de novos casos diagnosticados diariamente tem se mantido estável, com leve redução nos casos ativos, que passaram de 8.376 para 7.932 no período avaliado.


Já a taxa de transmissão do vírus - número de novos contaminados por cada pessoa na fase ativa da doença - registrou aumento de 0,77 para 0,85, embora esteja ainda abaixo de 1, condição que indica desaceleração da pandemia, porém mais lenta.


Fonte: Gazeta do Povo


32 visualizações0 comentário