• Assessoria de Comunicação

Curitiba oferece assistência psicológica para todos os bolsos

Atualizado: Fev 19

Se você faz ou já fez terapia psicológica e contou isso para alguém, é grande a probabilidade de ter escutado a pergunta “mas não é caro?”. De fato, no Brasil o acesso aos serviços de um psicólogo particular é privilégio para poucos. A boa notícia, no entanto, é que em Curitiba há diversas opções gratuitas ou a preços módicos para aqueles que não têm condição de bancar uma terapia com psicólogo particular.



Aquela que talvez seja a principal opção é justamente o Sistema Único de Saúde (SUS). Os atendimentos e tratamentos na Capital são ofertados em todos os serviços da Rede de Atenção Psicossocial na cidade, composta por 111 unidades de saúde, 4 equipes do Consultório de Rua, 4 ambulatórios de Saúde Mental, 13 Centros de Atenção Psicossocial (Caps), 9 UPAS, 1 hospital psiquiátrico, além de haver também disponíveis leitos de saúde mental em hospital geral.


De acordo com Flávia Adachi, coordenadora de Saúde Mental da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba, a porta de entrada preferencial para esse tipo de atendimento são os postos de saúde e por uma questão estratégica, dada a proximidade das unidades com as casas dos cidadãos. O paciente é encaminhado para a rede especializada se constatada necessidade e de acordo com critérios de estratificação de risco.


“A equipe faz uma avaliação de todas as necessidades que a pessoa apresenta, e que pode não ser só no campo da saúde mental, mas da saúde integral. Identificando a necessidade específica na saúde mental, o atendimento pode ser feito na própria UBS (Unidade Básica de Saúde), atendimento ambulatorial por psicólogo ou psiquiatra e, para casos mais graves, os Caps (Centro de Atenção Psicossocial) ou internamento hospitalar”, explica.


Na rede especializada, os ambulatórios em saúde mental ofertam consultas de psicologia e psiquiatria para usuários que apresentam sofrimento psíquico significativo e/ou transtornos mentais moderados. Os Caps, por sua vez, voltam-se para o cuidado dos usuários que apresentam transtorno mental moderado/grave e/ou dependência química, que necessitam de reabilitação psicossocial, por meio de atenção multidisciplinar e auxílio na retomada das suas atividades diárias, com promoção de autonomia, convívio familiar, evitando-se, sempre que possível, o internamento. Por fim, o hospital presta atendimento à situações de alto risco após esgotados os outros recursos terapêuticos da rede.


Universidades também ofertam atendimento

No Brasil o Ministério da Educação, quando regularizou o ensino da psicologia, também passou a exigir que as instituições de ensino ofereçam atendimento à comunidade. Por isso, além do atendimento na rede pública, outra opção são os serviços de psicologia nas clínicas vinculadas às universidades curitibanas. O atendimento é feito por alunos ou ex-alunos, com acompanhamento de professores.


Ao todo, são seis as instituições de ensino que oferecem atendimento psicológico ao público: a Universidade Federal do Paraná (UFPR), a UniBrasil, a Universidade Positivo (UP), a Uniandrade, a Universidade Tuiuti (UTP) e a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Na maior parte dos casos é necessário fazer cadastro e comprovar baixa renda. Além disso, também há filas de espera.


Na UFPR, o atendimento é totalmente gratuito e aberto para a toda a comunidade mediante comprovação de baixa renda ou encaminhamento. As inscrições acontecem no Prédio Histórico, na Praça Santos Andrade, sala 112. É necessário carteira de identidade e comprovante de residência. Caso o paciente seja menor de idade, o responsável legal deve acompanhar o menor na hora de apresentar a documentação.


Na UniBrasil, os atendimentos também são gratuitos e realizados na Clínica Integrada de Saúde, na Av. Victor Ferreira do Amaral, 2446, bairro Tarumã. O agendamento das consultas é feito pelo telefone (41) 3267-9108 ou direto na clínica


Já na UP, o valor por consulta é de R$ 10 para o público interno, mas bolsistas do Prouni com 100% de desconto, participante do programa Bolsa Família ou quem tenha renda familiar inferior a dois salários mínimos têm direito à gratuidade. O atendimento ao público externo custa R$ 30 por sessão. O agendamento deve ser feito pelo telefone (41) 3317-3169 e o usuário passará primeiro por uma triagem, sendo em seguida encaminhado para atendimento.


Na Uniandrade, o valor da consulta varia, geralmente, entre R$ 2 e R$ 10. O atendimento é realizado no Campus Muricy, na Alameda Dr. Muricy, 706, 5º andar, no Centro. A inscrição é feita pelo telefone (41) 3012-3368 ou pelo e-mail servicodepsicologia@uniandrade.edu.br.


Na UTP, o valor é a partir de R$ 15 e o atendimento é aberto para a comunidade. O cadastro do usuário é feito pelos telefones 3331-7836 ou 3331-7846. Já os atendimentos acontecem na Rua Sydney Antonio Rangel Santos, 245, no bairro Santo Inácio, de segunda a sexta-feira, das 8 às 21 horas, e nos sábados, das 9 às 13 horas.


A PUCPR oferece atendimento psicológico por meio do Núcleo de Práticas em Psicologia. O valor das consultas varia de acordo com um estudo socioeconômico feito sobre o paciente. Para participar, os interessados devem entrar em contato pelo 41 3271-2457. As consultas são feitas na Rua Rockefeller, 1450, bairro Rebouças.

Planos de Saúde Os planos de saúde também são legalmente obrigados a oferecer cobertura às consultas/sessões com psicólogos, conforme determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

São garantidos três tipos de atendimento, que fazem parte do rol da ANS de procedimentos mínimos que todos os planos devem seguir e apresentar aos seus clientes: psicoterapia, terapeutas ocupacionais e consultas e sessões com psicólogos.

A cobertura é de até 40 sessões por ano, o que equivale a uma consulta por semana, quando o paciente for diagnosticado com transtornos de humor, síndromes comportamentais, transtornos de desenvolvimento psicológico ou transtornos delirantes, esquizotípicos e esquizofrenia.


Fonte: Bem Paraná

20 visualizações0 comentário
Acesso Rápido

E-mail: gabinetenoemiarocha@gmail.com
Contato: 41 9994-15007

Endereço: Barão do Rio Branco, 720. 4º andar.

         Acompanhe nosso mandato

© 2019 by Ascom Noemia Rocha.    Políticas de Privacidade