• Assessoria de Comunicação

Como a atividade física ajuda a aliviar dores nas articulações



Quem sofre com dores nas articulações frequentemente nem se imagina realizando algum tipo de atividade física. No entanto, exercitar-se é um forte aliado no fortalecimento de ossos e articulações, combatendo doenças como artrite reumatoide, artrose, fibromialgia e outras condições que causam estas dores.


Além dos benefícios gerais para a saúde, manter-se ativo traz muitas vantagens para quem sofre com dores articulares no quadril, tornozelo, joelho ou ombro, por exemplo. Quem deixa de lado o sedentarismo e começa a se exercitar, logo observa melhorias:


– Diminuição da dor e da rigidez;


– Mais mobilidade;


– Controle de peso, que ajuda a reduzir a pressão sobre as articulações (como a do joelho);


– Fortalecimento dos músculos;


– Aumento de flexibilidade e de equilíbrio;


– Melhora da postura;


– Mais facilidade em atividades diárias, garantindo mais independência;


– Melhora na qualidade do sono e da disposição;


– Melhora do condicionamento físico e da saúde em geral.


Como cada exercício contribui no alívio de dores nas articulações

Quando falamos em atividade física estamos nos referindo a uma ampla gama de modalidades que têm contribuições específicas para a saúde e o bem-estar das pessoas. Até mesmo os exercícios menos intensos podem apresentar melhorias na qualidade de vida. Conheça como cada modalidade pode contribuir para a sua saúde e a redução das dores nas articulações:


Exercícios aeróbicos: estas atividades ajudam a melhorar a saúde cardiovascular. No entanto, para preservar a saúde das articulações, opte por atividades de baixo impacto, como natação, hidroginástica, ciclismo e caminhada.


Exercícios de flexibilidade e equilíbrio: estas atividades auxiliam no alívio da rigidez e no aumento da mobilidade articular. Algumas modalidades envolvem exercícios de alongamento, ioga, pilates ou tai chi chuan.


Exercícios de fortalecimento: como o nome já diz, são as atividades que ajudam a fortalecer os músculos, reduzindo a pressão nas articulações. Isso é importante pois o músculo fortalecido ajuda a proteger a articulação que estiver doendo. Apesar de importantes, estes exercícios devem ser realizados com bastante cuidado e orientação profissional, justamente para não aumentar a dor e o dano articular.


Primeiros passos para se exercitar


Qualquer pessoa que decide começar a se exercitar deve estar ciente das suas condições de saúde e possibilidades de treino. Pacientes com dores nas articulações ou cardíacos devem tomar um cuidado especial, realizando consulta médica e exames necessários para avaliação da sua condição de saúde.


É importante que a pessoa comece devagar, sem exigir demais do seu organismo e de suas articulações. Intercalar com momentos de atividade e de descanso é particularmente importante neste início. Outra dica importante é sempre fazer um aquecimento antes de atividades mais intensas e alongar-se ao final.


Exercitar-se é importante em todas as fases de vida e para os mais diversos perfis. Porém, para aproveitar os benefícios da prática é essencial contar com o acompanhamento de um profissional e estar atento aos sinais do seu corpo.


Fonte: Ecomax

14 visualizações0 comentário