• Assessoria de Comunicação

Câmara de Curitiba aprova contas de Fruet de 2015

O plenário da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) concordou, nesta terça-feira (8), com entendimento da Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização, sobre as contas do Executivo referentes ao exercício financeiro de 2015, penúltimo ano da gestão Gustavo Fruet. O colegiado havia repetido o entendimento do parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR), favorável com ressalvas à análise contábil.


Com 33 votos favoráveis, 2 contrários e 3 abstenções, a deliberação atendeu à regra da maioria qualificada. Ou seja, de reunir pelo menos 26 “sim” para a aprovação do projeto de decreto legislativo da Comissão de Economia (093.00002.2021). A proposição retorna à pauta, nesta quarta-feira (9), para a análise em segundo turno.


Assim como durante a tramitação do processo na Comissão de Economia, o debate desta manhã girou em torno das ressalvas indicadas pelo TCE-PR. Conforme o parecer prévio do Tribunal de Contas, relatado pelo conselheiro Ivens Linhares, as contas de 2015 foram consideradas regulares com ressalvas.


As observações são relativas ao deficit orçamentário de fontes financeiras não vinculadas; ao atraso na entrega de documentos; aos aportes para a cobertura do deficit atuarial da previdência do funcionalismo municipal; e ao atraso nas regularizações contábeis das contas bancárias e das fontes de recursos, com saldos a descoberto.


(...)


Para Noemia Rocha (MDB), ir contra o parecer não seria “razoável”. Ela atribuiu uma das ressalvas, pelo atraso no envio de dados, aos entraves da gestão Fruet com o Instituto Cidades Inteligentes (ICI).


(...)


Confira o vídeo com a fala completa da vereadora Noemia Rocha:


Fonte: CMC

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo