• Assessoria de Comunicação

11 Animais que se adaptam a apartamentos pequenos e vivem felizes como pets

Animais de estimação contribuem muito para a nossa vida: eles nos fazem companhia, nos divertem e, às vezes, são assunto para falarmos em nossas redes sociais. Mas esse afeto pode parecer aparentemente impossível se alguém mora em pequenos apartamentos nos quais um bichinho não poderia se desenvolver como gostaria. Mas isso significa que não podemos ter um amigo fiel conosco? Claro que não!

A seguir, separamos uma lista de 11 animais que podem se adaptar a um pequeno espaço quando o coração do dono é grande.


1. Peixes: Quando se trata de apartamentos, os peixes são provavelmente a primeira escolha de animal de estimação, já que vivem na água. Mas devemos ter em mente que a escolha do aquário não é um detalhe menor, pois cada espécie precisa de mais ou menos espaço, e de água a uma determinada temperatura específica.

Por exemplo, no caso dos peixinhos-dourados, você deve certificar-se de que a água esteja a uma temperatura entre 15 e 22 ºC, para que eles se sintam confortáveis em um aquário de não menos que 100 litros. Se um desse tamanho for muito grande para o seu apartamento, é possível optar por outros peixes, como o platy, que pode viver tranquilamente em um espaço contendo 80 litros de água e uma temperatura em torno de 20 a 26 ºC.


Se você quer ter mais de um peixe, é importante entender que nem todos os animais aquáticos se dão bem. Dentro do aquário existe um mundo em que algumas espécies não são compatíveis com outras. Por exemplo, apesar de serem pacíficos, os peixes-dourados são exigentes com a comida, então viver com uma espécie onívora, como é o caso do platy, tornaria difícil cuidar deles. Para qualquer peixe que você escolher, não economize em acessórios como pedras e vegetação artificial para fazê-lo se sentir em casa.


2. Hamster: O hamster, além de ser uma adorável miniatura, adapta-se muito bem a apartamentos pequenos. Mas tenha cuidado! Seu tamanho não significa que o seu espaço também deva ser pequeno. Esses animais precisam se mover e se sentir à vontade, de modo que seu local apropriado deve ter um tamanho aproximado de 60×50 centímetros. É preciso equipá-lo com pedrinhas, para que o bichinho possa fazer o seu ninho, dormir e se abrigar, e não colocá-lo na frente de uma janela com a luz solar, pois, se receber luz solar direta, o seu novo pet correrá o risco de ter uma insolação.